News

Se quer dormir melhor, aposte em alimentos como alcachofra, cebola e alho

07 de março de 2017
dormindohomem

Um estudo norte-americano realizado em ratos revelou que os prebióticos contribuem para um melhor sono profundo.

Os prebióticos, fibras dietéticas – encontradas naturalmente em alimentos como alcachofra, alho cru e cebolas -, podem ajudar a melhorar o sono e ‘amortecer’ os impactos psicológicos do stress. Esta é a conclusão de um estudo inovador realizado nos Estados Unidos.

Os prebióticos promovem a saúde intestinal e servem de alimento para as bactérias boas que temos nos intestinos. Quando as bactérias benéficas digesrem a fibra prebiótica, não só se multiplicam, melhorando a saúde geral do intestino, como libertam subprodutos metabólicos.

Segundo o estudo realizado em ratos por investigadores da Universidade de Colorado Boulder, os prebióticos conseguem melhorar o sono não-REM (NREM – é a fase de sono mais profundo), bem como o sono REM (a fase do sono em que temos os sonhos) depois de um evento stressantes.

Depois de estudarem ratos macho durante três semanas, os investigadores verificaram que os ratos com uma dieta rica em prebióticos passavam mais tempo num sono não-REM, que é mais profundo, descansado e reparador, do que os que seguiram a dieta não-prebiótica.

Os investigadores destacam que as conclusões deste estudo sugerem que uma dieta rica em prebióticos logo desde o início da vida poderá melhorar a qualidade do sono, fortalecer a microbiota intestinal e promover a saúde psicológica e cerebral, reporta o Hindustan Times.

Fonte: Notícias ao minuto