News

Safra de alho em Córdoba aumenta a área cultivada em busca de mais de 30.000 toneladas

20 de março de 2017
ajos-siembra-temporada

O otimismo prevalece no setor do alho para a próxima safra. O presidente nacional do Setor de Alho da Associação de Jovens Agricultores (ASAJA) de Córdoba, Miguel del Pino, observa que existem vários fatores para pensar que a colheita que está chegando (meados de maio, dependendo do tempo) será superior à temporada passada (que já foi muito boa).

Um deles é o aumento da área cultivada, que aumentou 5 por cento em relação à temporada passada. No total, este ano foram plantadas mais de 260.000 hectares, principalmente nas fazendas em Montalban e Santaella, principais produtores de alho de Córdoba e Andalucía.

A outra razão para o otimismo é a ausência de doença na cultura, que está desenvolvendo bem, com um bom calibre e acompanhando a meteorologia.

Preços

Para continuar acompanhando o bom tempo, o setor de alho espera ultrapassar as 30.000 toneladas do ano passado. Atualmente, 80% da área cultivada foi plantada por alho “temprano” e o resto por alho roxo (15%) e nacional.

A campanha na província, de acordo com dados do setor, gera, entre trabalhos diretos e indiretos, 500.000 empregos por ano. A maioria incide sobre a época de colheita, mas também temos de ter em conta a pré-semeadura, triagem e manipulação nas indústrias de processamento de alimentos após a colheita.

Sobre o valor que os primeiros alhos irão atingir no mercado, Del Pino disse que permanece uma incerteza e tudo dependerá dos resultados da safra chinesa, principal competidora e ameaça ao alho espanhol.

Campo pé vendas

Del Pino apontou para outro fator que chama para o otimismo, apesar da incerteza de como será a produção alheira do gigante asiático. Ele disse que o mercado espanhol e mundial “está desabastecido e esperando os primeiros alhos da temporada”. Segundo ele, isto fará com que as transações comerciais se fechem, mesmo antes do final da campanha, como aconteceu no ano passado, com a visita de agentes comerciais do Brasil para fechar a compra da safra.

Nesta conjuntura, o setor espera que o alho inicie a temporada com um preço em torno de 2,5 euros por quilo.

Fonte: ABCdesevilla

Obs.: Segundo dados oficiais da ANAPA, o total de área plantada para este ano na Espanha é de 21.000 hectares e não os 260.000 hectares citados na reportagem