News

COMUNICADO

10 de Janeiro de 2018

Referente ao artigo “Por favor, Embrapa: acorde!”, escrito pelo pesquisador Zander Navarro e divulgado pelo jornal O Estado de S. Paulo, em 05 de janeiro de 2018, e os desdobramentos que seguiram, a Associação Nacional dos Produtores de Alho (ANAPA) gostaria de pronunciar que:

A ANAPA, representada pelo seu presidente Rafael Jorge Corsino, produtor de hortaliças há mais de 20 anos, reafirma o compromisso de apoiar a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) na busca de melhores pacotes tecnológicos para o produtor rural. É oportuno, no entanto, ratificar que a Embrapa precisa retomar a sua essência e produzir pesquisas mais próximas aos problemas do campo, que visam dar resultados para as cadeias produtivas.

Muitos já foram os trabalhos e projetos realizados juntos à instituição. E, também, muito já se foi conversado sobre as prioridades de pesquisa para o setor de hortaliças, visto os problemas que os produtores de alho, cebola e cenoura enfrentam.  Um exemplo: com todo potencial agrícola do Brasil é de se espantar que toda cebola e cenoura produzidas em solo brasileiro sejam desenvolvidas fora do país.

O custo de produção está cada vez mais alto e os agricultores gostariam de contar com a Embrapa para o desenvolvimento de variedades de sementes, manejo de doenças, melhoramento genético para hortaliças e outros. Pesquisas que impulsionem a competência do produtor brasileiro.

O agricultor nacional tem vocação e almeja maior eficiência e qualidade de produção. A ANAPA entende que essa capacitação deve passar também – e necessariamente – pela Embrapa.

 

Rafael Jorge Corsino

Presidente Nacional